ÍNDICE

Digitalização no Varejo: faça a transformação no seu negócio

Digitalização no Varejo: faça a transformação no seu negócio

A digitalização no varejo é a resposta para o que os consumidores com jornada de compra omnichannel esperam das lojas físicas. De fato, a transformação digital do varejo é urgente e está na hora de você começar na sua empresa para não ficar na desvantagem. 

É verdade que a maioria das compras continuam sendo realizadas em lojas físicas, mas o comportamento dos consumidores mudou muito.

Quando você vai a uma loja em busca de determinado produto, com certeza você obteve alguma informação sobre ele em alguma plataforma digital – seja por indicação de um amigo ou influencer, seja pela sua própria busca. Fato é que o meio digital faz parte da nova jornada do consumidor. 

Com isso, os varejistas precisam investir em adequação para jornadas de compra multicanal. Claro que você precisa melhorar a presença digital da sua empresa, mas também precisa trazer o digital para dentro das lojas físicas.

Hoje, promover interatividade, fortalecer o atendimento online e melhorar a experiência de compra é essencial. Inclusive, nesse artigo você vai encontrar várias dicas de como implementar isso com a digitalização no varejo. 

Como acompanhar com agilidade as mudanças no setor varejista?

O desafio é grande, mas não dá mais para adiar a decisão de digitalização do varejo. Os e-commerces trouxeram grandes preocupação para o varejo tradicional e mudanças de hábitos para os consumidores.

A velocidade com que as novidades e tecnologias aparecem faz com que diretores e donos de empresas não sintam segurança para agir na direção da digitalização do varejo. Talvez você se sinta assim também.

Ainda existem pessoas no mundo corporativo que acreditam que dá para esperar. Não dá. Passou o tempo em que a empresa detinha o poder de escolha, hoje o consumidor é que cobra mudanças.

Pensando na dificuldade de dar o primeiro passo, esse artigo vai ajudar a desmistificar a digitalização no varejo com 3 dicas para você parar de adiar a transformação digital do seu negócio. 

Mude sua mentalidade

Quem toma as decisões da empresa deve ter uma mentalidade alinhada com a perspectiva do varejo para as tendências mundiais de tecnologia. É comum que empresas pequenas e médias tenham o dono como principal tomador de decisões, por isso a sua mentalidade pode ser a chave mais importante para destravar o seu negócio.

Entenda que o timing é crucial para sobrevivência das empresas, principalmente para as de médio porte. Não tenha dúvidas que transformação digital é um caminho sem volta. É preciso começar agora a pôr em prática na sua empresa, mesmo que você erre.

Reflita: você imagina que as pessoas vão querer deixar de usar seus celulares? ou de ter acesso a esse gigante fluxo de informações? ou querem abrir mão de estarem conectadas? pensa que querem se livrar da tecnologia? Pois é.

Será que você tem representado uma resistência à tecnologia na sua empresa? Por exemplo, a previsão global é de 5 bilhões e meio de smartphones em 2021. Mas mesmo assim, um dia você desconfiou que uma campanha de publicidade mobile podia ser mais eficiente do que uma de promoção no ponto de venda.

A internet como conhecemos

Quem toma as decisões precisa estar bem informado e por dentro das tendências mundiais. Até agora a internet só cresce, e ainda está longe de estabilizar. Não se preocupe, o varejo não vai voltar ao que era antes. Por isso, fique de olho nestas 4 tecnologias, que prometem revolucionar a internet como conhecemos:

  •  Internet das Coisas (Internet of Things – IoT): objetivos e eletrodomésticos usados no dia a dia agora estão conectados à internet e podem oferecer funcionalidades fantásticas. Por exemplo, geladeiras capazes de avisar quando o leite acaba.
  • Inteligência Artificial (Artificial Intelligence – AI): máquinas digitais inteligentes que não precisam obedecer a comandos de programação. Elas simulam a inteligência humana e conseguem tomar decisões com base na identificação de padrões e bancos de dados.
  • Realidade Aumentada (Augmented Reality – AR): possibilita que as pessoas visualizem elementos virtuais em 3 dimensões integrados ao ambiente real.
  • Big Data Analytics: é uma área do conhecimento que analisa e estuda grandes volumes de dados para transformá-los em informações valiosas.

Faça parcerias para a transformação digital

Conhecimento e experiências são importantes na hora de fazer a transição do seu negócio. Mas nem sempre é possível ter o orçamento mais adequado disponível, nem os profissionais mais preparados na sua equipe.

Você deve trabalhar com profissionais que pensam de forma estratégica e que conhecem a área onde atuam. A digitalização no varejo precisa ser feita com comprometimento.   

Por exemplo, é possível que um sobrinho inteligente consiga tomar conta das redes sociais do seu varejo. No entanto, isso é um grande risco. As redes sociais são a imagem da sua empresa: uma das coisas mais importantes nos dias de hoje.

Para não errar na transformação, é importante estar próximo a profissionais preparados para esse etapa. No entanto, quando não é possível que sejam profissionais internos, a sua empresa pode entrar em parcerias. Não tenha medo, as parcerias podem levar você muito mais longe.

Por exemplo, você pode ir até uma empresa que oferece um software que você precisa e propor um programa de parceria. Ou aliar-se a uma startup para testar uma solução inovadora para o seu setor do varejo.

Contrate uma consultoria

Já falamos aqui sobre a mentalidade de quem toma as decisões. Muitas vezes esse é o desafio em relação a jornada de transformação digital das médias empresas.

Com o próprio dono à frente das decisões, o lado bom é que quando ele tem uma visão da necessidade de inovar, ele encabeça a mudança e as coisas acontecem rápido. Nesse caso ele pode contratar pessoas experientes que possam auxiliar na mudança. Afinal, só acreditar na mudança nem sempre é suficiente para trazer segurança.

Quando falamos da digitalização no varejo, é comum que o gestor não saiba por onde começar. Além de muito estudo, o empresário pode contar com consultorias que indiquem caminhos mais assertivos. 

Os consultores ganham força no mercado atualmente e recebem mais reconhecimento porque conseguem ajudar outros negócios através do conhecimento que obtiverem com suas experiências. Por isso contratar uma consultoria para a sua transformação digital pode ser uma boa forma de começar.

Melhore a experiência do seu cliente com digitalização no varejo

pagamento e digitalização no varejo_Pegou

A digitalização no varejo é um passo muito importante para o comportamento do consumidor no país. E melhor ainda é que cada empresa que se atualiza tem como consequência o crescimento das vendas, a melhora de relacionamento com o cliente e mudanças positivas na imagem da marca.

Para melhorar a experiência de compra do cliente, que é o verdadeiro objetivo de toda a transformação do varejo, vale lembrar que a experiência humana é multi-sensorial: tato, paladar, audição, visão e olfato. Então tudo isso pode ser explorado para personalizar a sua loja física e torná-la uma experiência única para seus clientes.

4 ideias de como você pode melhorar a experiência de compra na sua loja

  • Ofereça diferentes opções de pagamento: inove no checkout e diversifique a parte mais “chata” para os clientes que é gastar dinheiro. Através de aplicativos de pagamentos, você pode dizer adeus às maquininhas e usar um smartphone para receber suas vendas, por exemplo.
  • Experimente investir em Publicidade Contextual: anúncios mobile para pessoas que estão passando perto da sua loja já é possível com os beacons. Já imaginou enviar uma notificação para o celular de todo mundo que passa na frente da sua loja? É uma forma de substituir de forma digital panfletos e cartazes exagerados.
  • Faça uma comunicação visual digital no seu Ponto de Venda: televisores e displays substituem os cartazes e etiquetas de preço. As vantagens vão desde a aparência mais limpa e tecnológica da loja às novas possibilidades de marketing. Esse tipo de comunicação também muda a percepção dos clientes, assim a loja passa a ser reconhecida como mais inovadora e adequada à cultura digital. Veja no vídeo do que a rede de supermercados Kreger’s dos EUA fez.          

  • Arquitetura pensada para o digital? lembre-se que na era das redes sociais, digital influencers e outros usuários têm o poder de influenciar pessoas. Então ter uma loja pensada para atrair likes pode fazer com que clientes publiquem fotos do estabelecimento no Instagram, recomendem e até visitem sua loja por isso.

    Talvez algum dia você já tenha dito “eu amo o cheiro dessa loja”, não ache que isso foi por acaso. O mesmo pode acontecer com a música. Algumas empresas já trabalham com tecnologias para criar playlists inteligentes para lojas, assim você tem músicas adequadas aos horários, fluxo de pessoas, clima, público da loja e outras variáveis.

    O que você deve tirar de aprendizado aqui é que até o que não é digital, pode ser ter repercussão no digital.

Você também pode gostar:

5 tendências de publicidade para você colocar em prática

5 tendências de publicidade para você colocar em prática

Conheça mais sobre as tendências de publicidade em 2019! Cenário brasileiro do uso de smartphones, big data, publicidade contextual e mais. Leia o artigo!

Leia mais
Saiba porque o varejo Omnichannel é necessário para o seu negócio

Saiba porque o varejo Omnichannel é necessário para o seu negócio

Descubra características do varejo omnichannel e 3 vantagens que oferece para melhorar experiência de compra dos seus clientes.

Leia mais

Comentários

Conquiste mais clientes
infográfico

Conquiste mais clientes

4 passos para você conquistar novos clientes com anúncios mobile.